Enem 2013: confira quatro orientações para começar a redação com o pé direito.

Organize seu tempo

Diante da prova e com a caneta na mão, é hora de organizar seu tempo. No dia de aplicação da redação no Enem, a prova tem cinco horas de duração. Recomenda-se que o candidato faça as demais provas em quatro horas, no máximo, reservando uma hora exclusivamente para a redação.
Em seguida, deve-se dividir o tempo às atividades da redação propriamente, como descrito a seguir:
- de 15 a 20 minutos para ler o tema proposto e os textos de apoio, aqueles apresentados pelo exame e que servem de subsídio para a discussão
- 30 minutos para organizar as ideias e escrever o rascunho do texto
- de 10 a 15 minutos para fazer correções e passar o texto a limpo.


Tente compreender o tema proposto

Para começar, é fundamental que você leia atentamente o tema proposto pela prova e os textos de apoio, que servem de subsídio para a discussão da redação. Sem compreender exatamente o que quer o examinador, você pode fugir ao tema— o que leva à anulação da redação.
Para destrinchar o tema proposto em sua cabeça, leia e tente reconstruí-lo à sua maneira, com suas palavras — isso ajuda na interpretação. Por exemplo, se o tema proposto foi "A crise da saúde pública brasileira: desafios e possibilidades", você pode começar a reconstruí-lo com frases como: "Crise da saúde pública é a crise dos hospitais e médicos... O que podemos fazer para melhorar a situação?". E assim por diante.
A princípio, você pode achar que não tem nada a dizer sobre "saúde pública", mas provavelmente terá algo a dizer sobre filas em hospitais e falta de médicos.

Faça um roteiro de ideias

A forma mais eficiente de passar as ideias da cabeça para o papel é anotá-las em tópicos e definir um roteiro, um caminho que indica a ordem em que as ideias vão aparecer no texto. Para ajudar na tarefam faça a si mesmo questões como:
- qual é o tema a ser discutido?
- qual o problema ligado a ele?
- por que ele ocorre?
- como ele pode ser abordado?
- que soluções existem para ele?


Apresente logo seu posicionamento

É importante o candidato declarar logo qual é o posicionamento que ele pretende adotar. No caso da discussão sobre a crise na saúde pública, precisa dizer já na introdução se acha, por exemplo, que o sistema é mal gerenciado — o mesmo vale para outras ideias que ele tenha. Não é preciso apresentar as razões do problema na introdução. Isso será abordado nos parágrafos seguintes, de argumentação.


0 comentários: