Instituto Ateneu lança especialização inédita em Segurança Alimentar e Nutricional

A construção da Política Nacional de Segurança Alimentar e Nutricional é um processo recente no Brasil. A sua consolidação teve início, a partir de 2003, com a implementação do programa “Fome Zero”. Este programa articulou as políticas de incentivo à geração de emprego e renda, à agricultura familiar, iniciativas exclusivas como o programa de alimentação escolar, a instalação de restaurantes populares, os bancos de alimentos, agricultura urbana dentre outras ações.

Diante desse contexto, o mercado de trabalho dá destaque ao especialista em Segurança Alimentar e Nutricional. Para aqueles que não pretendem ficar para trás, o Instituto Ateneu de Pós-Graduação acaba de lançar a primeira especialização – lato sensu – em Segurança Alimentar Nutricional.
A pós-graduação é voltada para profissionais da área da Saúde como médicos, enfermeiros e nutricionistas, estudiosos da Engenharia, principalmente os engenheiros de alimentos, de produção, de pesca e agrônomos, além de pesquisadores dos campos da Economia, Sociologia, Antropologia e Direito. “É uma especialização inédita e inovadora. Ela vai ao encontro do desafio de formar profissionais de diferentes áreas, tanto na esfera governamental quanto nos espaços de articulação da sociedade civil, para a construção e atuação nas políticas estaduais e municipais de segurança alimentar e nutricional” afirma a coordenadora do curso professora Goreti Macedo.
Dentre as disciplinas que serão abordadas, o participante entenderá sobre consumo consciente, onde aspectos como a sustentabilidade social, econômica e ambiental serão estudados. Fatores sobre cultura alimentar, populações em situação de vulnerabilidade, Direito Humano à alimentação adequada no contexto da Segurança Alimentar e Nutricional também farão parte dos estudos durante esta especialização. O pós-graduando, também, entenderá sobre educação alimentar e nutricional em espaços de atendimento à população e poderá planejar, monitorar e avaliar políticas de Segurança Alimentar e Nutricional. Por fim, o profissional terá acesso a informações sobre o sistema agroalimentar (produção e comercialização de alimentos – mercado nacional e internacional) e sobre a trajetória histórica e a evolução do marco legal da Segurança Alimentar e Nutricional no Brasil.
Assessoria de Imprensa

0 comentários: