“Questão de Design” é tema de seminário voltado para área de Moda

Nos dias 23 e 24 de outubro, a Faculdade Ateneu promoveu através do curso Design de Moda, o Seminário Questão de Design. O evento realizado na Unidade Lagoa de Messejana abordou questões relacionadas à Gestão do Design nas empresas do setor produtivo de moda.

Para a palestra “O Designer Estratégico”, a FATE trouxe o publicitário e especialista em Design Gráfico, professor Chico Neto. Para a mesa redonda “A moda como ela é II”, mediada pela professora Juliana Pessoa, o debate reuniu a contabilista e engenheira agrônoma, Fátima Cavalcante Pinheiro, o estilista  Lindebergue Fernandes e o modelista e conselheiro do Fórum de Moda de Fortaleza, professor Antônio Pinto.
O professor Chico Neto apresentou uma evolução das tecnologias de Design, o reflexo da invasão de produtos chineses para economia brasileira, além dos conceitos e metodologias estratégicas de Gestão de Design como Branding, Design Thinking, sites e grupos como IDEO, TED e autores da área como Tim Brown, Karl Kotler, Phillipe Starck que mostram formas de fortalecimento das empresas frente às ameaças chinesas.
Na mesa redonda foram abordados assuntos sobre a realidade dos negócios de moda em Fortaleza, com destaque para a trajetória profissional da executiva financeira Fátima Cavalcante Pinheiro e a sua relação com as marcas Miss Mano e Monotropo. Ela explicou o comportamento das empresas envolvendo o processo criativo e o controle das receitas e despesas para a saúde financeira do negócio, os custos dos produtos, desde sua concepção ao lançamento da coleção com a produção dos catálogos e campanhas de marketing.
O estilista Lindebergue Fernandes, também, falou da sua trajetória, do seu processo criativo, da necessidade de cumprir criativamente, as regras e metas impostas pelas empresas. “É importante o designer possuir o próprio negócio, independente do emprego fixo, é uma forma de poder se expressar conceitualmente e liberar a criatividade que, às vezes, é podada nas empresas” disse Lindebergue.
O professor Antônio Pinto destacou a sua ligação com a moda e corroborou com os anteriores, acrescentando a necessidade urgente da cultura de moda no estado e no país. Falou sobre o Plano Setorial de Moda, que trata do reconhecimento e inserção da área no Ministério da Cultura, e sobre o “I Simpósio de Moda e Cultura” ocorrido em outubro na FIEC.
No final, os convidados fizeram um tour pelas instalações do curso Design de Moda e ficaram encantados com a infraestrutura da FATE. “Muito bacana essa ideia de laboratório com layout de fábrica” comentou Antônio Pinto.

Assessoria de Imprensa

0 comentários: