Estudantes do campus Antônio Bezerra visitam comunidade indígena e encenam peça tetral

No último sábado, 7, um grupo de alunos dos cursos de Administração, Processos Gerenciais e Turismo teve a oportunidade de conhecer a comunidade indígena Jenipapo-Kanidé localizada no município de Aquiraz. A atividade foi desenvolvida por meio do projeto AdministraAção e contou com a participação de integrantes do projeto Turismo Responsável, ambos do campus Antônio Bezerra.

A ideia foi levar à comunidade indígena, sobre tudo as crianças, lições de união, solidariedade e justiça. Para isso, os estudantes prepararam a peça teatral “Os Saltimbancos”, a partir da adaptação de Chico Buarque (1977). A encenação apresentou uma narrativa na qual, jumentos, gatas, galinhas e cachorros se uniram para conquistar seus objetivos de liberdade e de convivência pacífica entre os seres, respeitando as suas diferenças.
Para a estudante do segundo semestre de Turismo, Olinda Martins, a atividade quebrou barreiras pessoais e a levou as suas origens. “Sempre me considerei e me consideram um pessoa tímida. Participar desse projeto me ajudou a quebrar essa barreira, além de que pude conhecer as minhas origens, afinal todos nós temos um pouco de índio” afirmou a aluna.
A excursão ainda reservou dois momentos especiais. No primeiro, os visitantes conheceram o museu Jenipapo-Kanidé onde fotos e objetos remetem à rica história daquele povo. No segundo, após uma breve caminhada, alunos e professores conheceram a Lagoa Encantada.
Para uma das organizadoras do evento, a professora Valdênia Saraiva, além dos ensinamentos peculiares ao ensino da Administração que é planejar, organizar e executar, os alunos desenvolveram habilidades pessoais indispensáveis ao futuro profissional. “Trabalhamos as funções administrativas aliadas a conceitos de união, solidariedade, justiça e diversidade cultural. Com a peça, também, observamos o desenvolvimento do significado de cidadania e ética, bem como a quebra de paradigmas como timidez. Com isso demos autoconfiança, capacidade de improviso e noções de expressão corporal e, assim enriquecemos o leque de informação e profissionalização dos discentes participantes” explicou a professora.
O evento também teve a participação do coordenador de Turismo, professor Francisco José Barros e do professor convidado da UFC, Kleber Saraiva.
Assessoria de Imprensa

Emanuel Santos

0 comentários: