Visita técnica e pesquisa no assentamento do MST em Itapipoca, com alunos norte-americanos.



Com o propósito de aprimorar o conhecimento dos estudantes da Faculdade Ateneu, a coordenação do curso de Serviço Social organizou, entre os dias 9 e 12 de outubro, visitas técnicas ao assentamento do “Movimento sem Terra” (MST) em Itapipoca, município do litoral cearense. Essas aulas de campo proporcionaram encontros dos estudantes com o ambiente real, brindando aos participantes uma experiência aprofundada e diversificada.

Essas aulas de campo proporcionaram encontros dos estudantes com o ambiente real, brindando aos participantes uma experiência aprofundada e diversificada.

Representando os cursos de Serviço Social e Pedadogia, os acadêmicos selecionados puderam visualizar na prática a teoria aprendida em sala de aula, através de diversas trocas de experiências interculturais com a comunidade do assentamento itapipoquense. A vista foi marcada pela participação especial de estudantes norte-americanos oriundos de diversas universidades dos Estados Unidos, participantes do projeto “Justiça social e desenvolvimento sustentável”, coordenado pelo professor Bill Calhoun.

Dando continuidade a um projeto de parceria internacional entre a World Learning do Brasil e a Faculdade Ateneu, o diretor de relações institucionais, Prof. Dr. Cláudio Rabelo, ressalta que “além do conhecimento técnico, a parceria proporciona a troca de culturas e a internacionalização da rede de relacionamento dos alunos, já que esse convívio entre os estudantes de diferentes nacionalidades tende a ser uma constante a partir deste programa”.

O projeto se baseia no princípio de que o desenvolvimento humano é a base para a edificação de sociedades mais justas; ao tempo que propõe discussões sobre a geração de alternativas ao modelo da sociedade capitalista, visando a construção e preservação de identidades locais; requisito considerado como fundamental para o processo de emancipação humana.

Na visita técnica os alunos não só constataram o conhecimento adquirido na sala de aula, mas agregaram valores pessoais e profissionais em diálogos com os membros do assentamento, além de participarem de pesquisas sobre o MST e suas múltiplas dimensões, sob a supervisão das professoras pesquisadoras de campo Andreia Lourenço e Fernanda Sleiman. Tanto os alunos cearenses quanto os americanos manifestaram ter participado de uma atividade que marcou as suas respectivas formações.


Para esta particular ação, a coordenação de Serviço Social, conduzida pela professora Danielle Alves, contou com  apoio da coordenação do núcleo de Pesquisa, da Profa. Lucicleide Barcelar; da direção acadêmica da Faculdade Ateneu com o professor Valdir Godoy; e ainda formou uma parceria com a direção da World Learning do Brasil, uma instituição sem fins lucrativos que desenvolve perfis de liderança e conceitos de justiça social, em mais de 30 países.











0 comentários: