Um profissional bem procurado: Especialista em Vigilância Sanitária.


A preocupação com a qualidade de vida tem aumentado nas últimas décadas no Brasil, junto como a expectativa de vida no país. Os profissionais especializados tendem a crescer, bem como o oferecimento de novos produtos e serviços para a população preocupada com o bem-estar. O setor público brasileiro realiza convocações permanentes de mão-de-obra para diferentes tipos de fiscalizações e atendimentos. Perante as novas legislações que dão maiores direitos aos consumidores e clientes, os setores da saúde, da produção alimentar, farmacológicos e manufatureiro devem implementar estritos controles da sanidade, higiene e desinfeção dos locais de trabalho e produção.

Nesse contexto, ganha vigor o especialista em vigilância sanitária. Trata-se de um profissional formado que desenvolve ações de inspeção e fiscalização sanitárias, aplica normatizações relacionadas a produtos, processos, ambientes (inclusive de trabalho) e serviços vinculados com a saúde e alimentação.
Esse profissional desempenha um papel fundamental para assegurar o bem-estar das populações, atuando em diversas funções simultâneas: como pesquisador e avaliador, investigando possibilidades de riscos e determinantes de agravos e danos à saúde e ao meio ambiente.

O vigilante sanitarista se desempenha permanentemente com um perfil de líder, compondo equipes multidisciplinares de planejamento, execução e avaliação dos processos de vigilância epidemiológica, ambiental e da saúde dos ambientes e grupos de trabalhadores. Alguns dos casos de controle em que atua são de fluxo de pessoas, transporte de animais, plantas e produtos em portos, aeroportos e fronteiras, ao tempo que desenvolve ações de acompanhamentos de fenômenos biológicos como doenças, endemias e epidemias. No mercado de trabalho, os salários desse profissional vão, em média, dos R$2.500,00 aos R$ 7.350,00, dependendo da natureza da convocação e especificidade da vaga.
A qualificação do técnico em vigilância sanitária inclui conteúdos de biologia, medicina, meio-ambiente e sociologia. Ao longo da sua formação, o especialista consegue dominar temáticas de grande importância, tais como políticas de saúde, epidemiologia, biossegurança, demografia, bioestatística, sistemas de informação, legislação e bioética.
Nos anos recentes a alta procura de profissionais para atuar na área da vigilância sanitária tem favorecido o oferecimento de qualificações e especializações que formam o profissional competente para garantir a segurança biológica. Na Faculdade Ateneu, o curso de MBA em Vigilância Sanitária propicia aos participantes os conhecimentos necessários para efetuar ações de controle e monitoramento sanitário, para que com o desempenho, favoreçam a proteção da saúde. A próxima turma do MBA em Vigilância Sanitária terá início na última semana de maio; não há tempo a perder.

Informações: (85) 3457-6500 – posgraduacao@fate.edu.br



0 comentários: