Estudantes do Pronatec criam aplicativo para estimular leitura infantil.

Com espírito empreendedor e aliando a Pedagogia das novas tecnologias, dois estudantes do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) desenvolveram um aplicativo para smartphone que usa a realidade aumentada em livros infantis. 

O Projeto Aprender: Incentivo à Leitura no Processo de Alfabetização tem como proposta estimular a leitura e torná-la mais atrativa para as crianças. Paula Simão da Costa e Sidney Ferreira Coutinho, alunos do curso técnico em Programação de Jogos Digitais do Centro Universitário Monte Serrat (Unimonte), em Santos (SP), criaram o aplicativo.
Com uma câmera de telefone celular, a criança, ao apontar para o desenho no livro, consegue ver as figuras em 3D, no formato realidade aumentada, algumas com animações. Também é possível ouvir o áudio da história e fazer pausas, quando necessário. “Estamos aprimorando o aplicativo para que ele fique cada vez melhor e com mais opções”, disse Paula.
Por se destacar como projeto inovador, o aplicativo concorreu ao concurso Projeto Neorama, iniciativa da prefeitura de Santos para incentivar o empreendedorismo. No evento, os alunos conquistaram o primeiro lugar ao concorrer com estudantes de 35 escolas técnicas. 
“Montamos um estande para fazer a apresentação do aplicativo ao nosso público-alvo, as crianças, que amaram a invenção”, disse Paula. “Os pais queriam até comprar o livro, mas ainda não está disponível.”
De acordo com a estudante, a próxima etapa do projeto é a do lançamento dos livros no mercado. “Gostaríamos de fazer parceria com alguma editora para que os livros possam ser comercializados”, afirmou.
O Pronatec é um programa de incentivo aos estudos técnicos do Governo Federal. São ofertantes pelo Pronatec vagas nos institutos federais de educação, ciência e tecnologia, nas redes Estaduais de educação profissional, nos serviços nacionais de aprendizagem e em instituições particulares.



0 comentários: